Licenças em segunda mão: uma escolha que permite economizar!

14 May 2020

A transformação digital, a mobilidade e, em particular, o BYOD transformaram a organização das empresas, que devem criar cada vez mais postos de trabalho e stocks de licenças. O impacto desta mudança digital também é percetível nos orçamentos, uma vez que a parcela das despesas alocadas à aquisição de licenças de software, que está a crescer significativamente, representa entre 20 e 40% do orçamento de IT. Portanto, a gestão de ativos de software tornou-se necessário e está no centro de todas as questões de negócios.

Qual é a alternativa?

Cada vez mais empresas estão a optar por software recondicionado. Com o mesmo desempenho, os custos de aquisição são significativamente mais baixos (até 70%), em comparação com software novo.

O comércio de software usado passou a ser legal, desde o acórdão C128-11 do Tribunal de Justiça da União Europeia (TJEU) a 3 de julho de 2012.

O mercado francês de produtos recondicionados ​​está a crescer e é atualmente um dos mais influentes (nº 2 na Europa, atrás da Alemanha).

No contexto das dificuldades económicas resultantes da crise atual, a compra de licenças de software em segunda mão permite a continuidade dos negócios, limitando as despesas.

O que são licenças usadas?

Licenças em segunda mão são licenças que já foram adquiridas por um utilizador, mas que já não são usadas (ou nunca foram).

25% das licenças adquiridas pelas empresas já não são usadas

Essas licenças não utilizadas são o resultado de compras mau planeadas, migração para uma nova tecnologia, downsizing, liquidação, entre outros. Representam um valor potencial de mercado de software usado de 5 bilhões de euros.

Quais as vantagens das licenças de segunda mão?

Além da economia (até 70%), o mercado de licenças em segunda mão permite que as empresas ganhem agilidade e flexibilidade:

– Encontre versões de software que deixou de ser vendido

– Ajuste do número de licenças em uso na empresa (aumento/redução de pessoal)

– Otimização das licenças (evitando compras desnecessárias)

– Aquisição da licença na sua versão final com possibilidade de mudança para a versão anterior

– Prolongar o prazo da licença na Cloud

– Reutilização de versões antigas mesmo sem suporte

– Liberte-se do ciclo de vida do produto

Um quadro legal garantido

É essencial estar próximo de um fornecedor experiente ao comprar/vender o seu software usado. O processo de transferência do vendedor deve ser enquadrado, respeitando a legislação em vigor.

Na Itancia Again, facilitamos a sua venda!

Tratamos de toda a parte administrativa da venda e certificamo-nos de que as licenças vendidas estão em total conformidade com as leis em vigor.

O quadro jurídico transacional é assim conhecido e assegurado: Fatura e BL em nome do cliente resultando na transferência do direito de uso da licença.

Contacte o seu comercial para mais informações

Contacte-nos Saiba mais sobre a Itancia Again

Descubra mais
novidades

Business Case - Recuperação de componentes eletrónicos

Testemunho do cliente: EPU Manager de uma empresa multinacional especializada […]

Smartphones recondicionados e certificados! Optar entre a sua carteira ou a sua saúde faz parte do passado.

Os smartphones recondicionados mais ecológicos e mais económicos estão a […]