Business Case – Subcontratação industrial

08 December 2021

A subcontratação industrial é o campo de vanguarda em que a Itancia apoia os seus fabricantes com ofertas chave-na-mão.

Subcontratação industrial

Com 30 anos de experiência na área da subcontratação eletrónica, somos capazes de lhe oferecer um serviço de qualidade através da intervenção dos nossos especialistas nos nossos centros. Como especialistas no controlo de qualidade, oferecemos aos nossos clientes/fabricantes a oportunidade de operar como subcontratados, a fim de apoiá-los com a garantia de um nível de qualidade elevado para cada pedido.

Aqui estão as soluções implementadas através de um de nossos parceiros de confiança:

O problema do cliente: um fabricante líder internacional de inversores precisava de um subcontratado para atuar como um centro de reparação europeu para uma gama de produtos específica.

As nossas soluções implementadas: inspeção, controlo de qualidade pré-mercado e SAV europeu.

Resultados: Como um elo importante no campo industrial, processamos mais de 55.000 produtos eletrónicos por ano, incluindo 1.000 para este parceiro líder no mercado de inversores.

Desafio comercial:

– Encontrar um parceiro europeu para atuar como um centro de reparações para a linha de produtos UPS mono (1.000 produtos reparados por ano)

– Contruir uma relação forte e com proximidade geográfica

– Otimizar o equilíbrio entre custo, qualidade e atividade

– Ser capaz de reparar os equipamentos de modo a evitar o fornecimento de novos produtos

– Identificar diariamente melhorias de serviço

– Ser capaz de gerir a receção, o armazenamento e destruição de produtos defeituosos, se necessário

– Ser capaz de apoiar o cliente no seu crescimento e oportunidades

Benefícios:

– A Itancia está totalmente integrada nos processos do cliente

– A Itancia atua como parceiro e é regularmente consultado nas mudanças do processo. Por exemplo, a Itancia fornece conselhos e recomendações durante a fase de design de novos produtos para minimizar os custos de reparação

– Alto desempenho nas reparações, nenhuma devolução foi feita durante o período de garantia de 6 meses da Itancia e nenhum item ficou fora de stock pela Itancia

– Redução geral dos custos, pois utilizamos o produto reparado – como novo – ao invés de fornecer novos produtos. Inclui reposição de peças, pintura se necessário e novas embalagens e rótulos, tudo gerido pela Itancia

– Alto nível de resposta com interação diária

– Relatórios mensais adaptados para gerir as atividades de maneira transparente

– A Itancia é agora o parceiro dedicado para atividades técnicas, tais como: auditorias de novos produtos, análise de defeitos, recarga de baterias, customização de novos produtos para grandes clientes, etc

Como chegámos aqui?

– Criação de uma equipa técnica dedicada

– Trocas regulares nas instalações do cliente e da Itancia. Um técnico da Itancia está presente no departamento de qualidade do cliente há vários anos

– Reuniões de direção regulares para discutir acordos de nível de serviço, alertas, melhorias, previsões

– Força de propostas permanente para atender às necessidades e desafios do cliente. A título de exemplo, a Itancia propôs utilizar uma embalagem neutra para vários produtos em vez de uma embalagem específica para cada produto, o que permite reduzir os custos em 50%.

– A própria Itancia administra o fornecimento de peças de reposição em todo o mundo e é responsável pelos pedidos pendentes

– Construindo uma forte rede de comunicação com todos os departamentos do cliente: Compras, Vendas, Qualidade, Cadeia de Abastecimento, Engenharia, etc

– A Itancia conta com a reconhecida competência na área de reparações industriais com forte cultura ambiental e social

Descubra mais
novidades

Business Case - Recuperação de componentes eletrónicos

Testemunho do cliente: EPU Manager de uma empresa multinacional especializada […]

Smartphones recondicionados e certificados! Optar entre a sua carteira ou a sua saúde faz parte do passado.

Os smartphones recondicionados mais ecológicos e mais económicos estão a […]